História:

O Município de Putinga foi emancipado em 26 de dezembro de 1963, porém os primeiros habitantes, que eram de origem italiana, chegaram ao local por volta de 1910. O nome da cidade originou-se de uma espécie de Taquara chamada Putingal. Putinga em tupi-guarani significa "Cara branca". A cidade está localizada a 200 km de distância da Capital do Estado e grande percentual de sua população é de origem italiana.

Baixar histórico em PDF

Símbolos:


Brasão
Acima - Um escudo com uma torre de três pontas, que significa a independência política. Na parte superior um pé de milho na cor ouro, em verde um ramo de fumo, e em vermelho a semente da erva-mate.

Em figuras geométricas, o branco significa a paz dos habitantes, o verde traz a esperança no futuro e o vermelho a tenacidade e a força do povo no trabalho. Possui ainda a figura do bovino, frango e leitão, representando a economia do município. No final a data da emancipação de Putinga em faixa " 26.12 Putinga 1963".

Bandeira
A Bandeira do Município tem as cores oficiais em branco, verde e vermelho. Sendo o fundo branco com duas faixas verticais.
Branco: mensagem de fé e paz;
Verde: Esperança de um futuro melhor;
Vermelho: Tenacidade e força no trabalho.

Dados do município:

Região: VALE DO TAQUARI
População: 4147 habitantes
Homens: 2100 / mulheres: 2047
Zona Urbana - 1583 habitantes (censo de 2010)
Zona Rural - 2564 habitantes (censo 2010)
Área: 239,34 Km²
Distância da capital: 199 Km
Localização: Encosta inferior do nordeste, na região do Alto Taquari
Data da Emancipação: 26 de Dezembro de 1963 (Lei Estadual nº 4689)
Data da Instalação: 08 de Abril de 1964

A queda do meteorito:

O relógio marcava 16h30min, em uma límpida tarde de inverno. O dia era 16 de agosto de 1937. No local conhecido como Vila de Putinga, que na época pertencia ao município de Encantado, acontecia a festa em honra São Roque, quando um forte estrondo, precedido de um trovão prolongado e ensurdecedor, fez com que todos se entreolhassem surpresos. Muitas foram às hipóteses cogitadas pela população sobre o que teria acontecido. Logo a seguir o céu apresentava uma nuvem escura decorrente dos efeitos de um fenômeno celeste. As circunstâncias do súbito estrondo, acompanhado pela intensa fumaça que encobriu Putinga e os arredores não deixou dúvida sobre o fenômeno que tinha ocorrido: a queda de um meteorito. No dia seguinte iniciaram a procura por pedras, tendo sido desenterrados na propriedade de José Marchese os maiores pedaços encravados no solo numa profundidade de até 2 metros.

O rompimento da Barragem:

No dia 12 de setembro de 1953, às 16h60min, aconteceu o rompimento da barragem, a qual servia de reservatório para a Usina Hidrelétrica, colocando em risco toda a população, uma vez que água da represa desaguou no Arroio Putinga, que atravessa o centro da cidade. Não aconteceu uma catástrofe maior graças ao heroísmo de Augusto Franklin Gheno, que ao verificar que a água da barragem estava acima do nível e poderia acabar estourando, alertou a toda população do perigo. Após seu rompimento a mesma foi reconstruída com uma capacidade de armazenamento menor. Hoje ela se encontra desativada, mas com projeto de reativação.

Canção de Amor a Putinga:

Letra: Vaine Darte - Música e Interpretação: Rui Biriva

Minha cidade bonita
Cheia de flor e ametista
Plena de glórias tamanhas
Nome, Tupi Guarani
No Vale do Taquari
Tu brilhas entre as montanhas
Possui rebanhos, lavouras
Paisagens encantadoras
De arroio matas e jazidas
Por ser rural e urbana
Gaúcha e italiana
Tu és mais cheia de vida
Putinga dos meus encantos
Não sei de outro recanto
De natureza ditosa
Quando passou eu te viu
Aquela estrela caiu
Para se pedra preciosa
Hospitaleira e amiga
Quem te visita se abriga
Dentro do teu coração
Cansado de andar ao leu
Um astro surgiu no céu
Pra morar no teu chão
Cultivas a tradição
Do vinho e do chimarrão
Nun vale verde e azul
Teu povo não tem igual
Cidade cartão postal
Do meu Rio Grande do Sul
Putinga dos meus encantos
Não sei de outro recanto
De natureza ditosa
Quando passou eu te viu
Aquela estrela caiu
Para se pedra preciosa

Back to Top